"Desconfie do destino e acredite em você."
Estágio e trainee exige plano e pesquisaEspecialistas recomendam cautela na hora de escolher a porta que levará o estudante ao mercado de trabalho.
A ansiedade de querer colocar logo em prática tudo o que se aprende na faculdade pode ser uma inimiga no momento de aceitar uma proposta de estágio. Não há dúvida de que estagiar é complemento importante na formação profissional, mas especialistas recomendam cautela ao decidir entrar por esta porta que leva ao mercado de trabalho. A dica também é útil no término da graduação, quando é hora de participar de um processo de seleção de trainee.
Um erro comum o futuro estagiário levar em conta apenas a remuneração ao se candidatar a um programa. É preciso se identificar com as tarefas que irá desempenhar. Se você não gostar, não há remuneração que pague freqüentar a empresa todos os dias.
O mesmo ocorre com o candidato a trainee que pensa apenas no salário que poderá ganhar como forma de reaver o dinheiro gasto durante a graduação. Lembre-se: Não é uma bolsa de estudos.
Nessa faixa de idade é difícil enxergar sua carreira de uns anos para frente.
Na hora de decidir por fazer um estágio ou mesmo por um programa de trainee, faça um exercício de projeção de como você quer que sua carreira esteja e alinhar a isso sua escolha. Mas, claro, sempre usando o bom senso para não deixar passar uma oportunidade que não corresponda exatamente ao que foi traçado. "Isso aí é ótimo, mas ele não pode ser inimigo do bom".Planejamento não é controle.
VOLTAR
Av. Brasil, 963 - Lençóis Paulista - CEP: 18682-060 - (14) 3263-5011 | (14) 3263-0326 | Parceiro CIESP